Vídeos

 

Vídeos observaSP

Debate Aberto na Praça Pôr do Sol (Publicado em 21 de junho de 2017)

No dia 6 de maio de 2017, o observaSP, a Rede Novos Parques, o Organismo Parque Augusta, o Comitê Praça Roosevelt de Todxs e Ecobairros promoveram um debate aberto na Praça Pôr do Sol com o intuito de discutir formas de enfrentar os conflitos nas praças e parques da cidade e pensar alternativas ao cercamento e à mercantilização. [Leia Mais]

Nossa Cidade Linda ( Publicado em 14 de março de 2017) 

No dia 13 de fevereiro, o mandato da vereadora Sâmia Bomfim promoveu um debate na Câmara Municipal de São Paulo sobre o então recém-lançado pela prefeitura programa “Cidade Linda”. O debate contou com a participação dos grafiteiros Mauro Neri e Wellington Neri, do coletivo Imargem; Maria Aparecida Dias, da Cooperglicério; Fabiana Ribeiro, da Cia Antropofágica de Teatro; Padre Júlio Lancellotti, da Pastoral do Povo da Rua; Jesus dos Santos, do Movimento Cultural das Periferias; Claudia Visoni, jornalista das Hortas Urbanas; do cicloativista Pedro Borelli; de Raposão Costa, do Movimento Nós da Sul; e Raquel Rolnik, da FAUUSP. [Leia mais]

Parque Augusta: 100% Público 100% Verde (Publicado em 18 de agosto 2016)

O Parque Augusta é uma das últimas áreas verdes do centro de São Paulo, reconhecida como de utilidade pública desde os anos 70 e como parque desde 2013. Mas ele está fechado, e corre o risco de ser privatizado e substituído por um empreendimento imobiliário. No dia 19 de agosto de 2016, ativistas se manifestaram para pressionar as construtoras e a prefeitura para que chegassem ao acordo menos custoso para a cidade para viabilizar o Parque Augusta. [Leia mais]

Precisamos barrar a MP 700! ( Publicado em 27 de abril de 2016)

A Medida Provisória 700/2015 propunha alterações nas regras para desapropriações e representava grave ameaça ao direito à cidade e à moradia. [Leia mais]

 

Vídeos Observatório de Remoções

Deslocamentos e resistência na Água Espraiada

Diadema – Ecovias: a construção da memória como resistência

Ocupação Douglas Rodrigues: mapeamento como resistência

Rua Honduras, 175

No dia 24 de março de 2016 ocorreu a reintegração de posse do imóvel da Rua Honduras, 175, ocupado desde 19 de abril de 2015.
O Observatório de Remoções acompanhou a ocupação e a negociação do movimento de moradia para o atendimento emergencial dos moradores e a destinação do imóvel para o programa de locação social da Prefeitura do Município de São Paulo, que ao final não se efetivou.
Os moradores revelaram suas histórias de ocupações anteriores e sua luta por moradia.
Leia mais sobre a ocupação no blog do Observatório de Remoções:
http://www.observatorioderemocoes.fau…

Mutirão de mapeamento na Ocupação Douglas Rodrigues

Precisamos falar sobre Ecovias

Água Espraiadas – Espraiadas

Observatório de Remoções

Escola de Formação Popular em Planejamento Territorial

Água Espraiada 2016 – A contra-narrativa das remoções

Centreville